World War Z: Uma experiência divertida com zumbis em todo lugar

Quando o assunto se trata de zumbis, sou bastante suspeito, pois normalmente testo todos por justamente gostar de uma atmosfera apocalíptica de sobrevivência e envolvendo tal contexto.

Propaganda

A mais recente experiência multiplataforma World War Z é uma “colcha de retalhos” e parecido com a pegada do filme em que é baseado. Tanto o game quanto o filme compartilham um grande destaque: hordas de zumbis surpreendentes, muitas vezes até hilárias, incluindo tantas imagens de zumbis que retratam multidões de mortos-vivos e onde a ficção mostra os zumbis como colônias de formigas. Eles são rápidos, cooperativos e capazes de se espalhar em massa.

A experiência co-op é divertida e vale ser testada!

  • Sobre World War Z

A chamada “Guerra Mundial Z” é, provavelmente, a coisa mais próxima que teremos de um esperado Left 4 Dead 3 em 2019, mas com elementos que lembram também o ótimo game The Division. Há quatro cidades, onde a história do game é contada através de fatias lineares: Nova York, Jerusalém, Moscou e Tóquio. Cada cidade tem quatro sobreviventes e até três níveis para lutar. Você começa a campanha junto com três outros jogadores (IA ou co-op online), onde escolhe um sobrevivente.

Neste ponto, irá começar com um conjunto básico de armas, mas terá a oportunidade de encontrar armas atualizadas durante toda a aventura.

Há um sistema de classes, adicionando mais profundidade à progressão. Em vez de aprender layouts de nível, spawns inimigos ou estratégias para lidar com infectados especiais, sugiro que se concentre em desbloquear bônus ou atualizações de estatísticas. Esta ação é interessante, pois a classe Slasher, pode receber reforços de saúde ou ataques extras ao matar com sucesso uma cadeia de inimigos, enquanto a classe Exterminador desbloqueia o dano explosivo para ajudar contra hordas.

As missões são assuntos diretos do ponto-A-até o ponto-B. Às vezes, você precisará reunir suprimentos ou montar armadilhas. Outras vezes, só avançará para o próximo destino, abatendo os zubis ao longo do caminho.

Se colocar uma impressão final após as experiências que tive, me sinto um pouco desanimado em atualizar meu personagem e avançar, pois tenho que subir de nível como uma classe, depois sair do jogo, clicar em “campanha”, selecionar “personalizar” e depois pagar a moeda do jogo para desbloquear as habilidades que ganhei através do nivelamento. Isso é um pouco frustrante e atrasa minha recompensa o suficiente para que não pareça ótimo quando chego ao veredito.

Além disso, o game contém alguns problemas técnicos comparáveis, incluindo de conexão, mensagens offline do servidor e de lobby que afetam a experiência e imersão. Infelizmente, já fui “jogado para fora” do game em andamento perto do final de uma missão. Espero que estes problemas sejam sanados em breve, pois pretendo continuar a experiência e completar toda a campanha.

Algumas missões contém um NPC para escoltar, mas sem um sistema de checkpoint. Essas partes, juntamente com os problemas de interface do usuário, desconexões e falhas são desconcertantes. De fato, nunca chegam a ser completamente quebrados, mas há uma dúzia de pequenos pontos problemáticos ao longo do processo que tornam as coisas boas um aborrecimento.

É uma pena, porque uma vez que um nível começa, não demora muito para chegar à melhor parte: zumbis e mais zumbis.

Propaganda

Os zumbis do game World War Z podem ser velozes, mas são individualmente fracos e facilmente despachados. Um único balanço de um facão ou um par de balas resolve o problema. Um explosivo bem colocado acabará com uma pequena horda. A diversão e objetivo está no desafio de enfrentar muitos zumbis ao mesmo tempo, de dezenas até mesmo centenas. É de longe, a parte mais visualmente e tecnicamente impressionante. Eu fiz questão de parar durante o percurso, mais de uma vez, para observar com admiração as horas impressionantes, afunilando através de pontos de impactos, subindo em superfícies usando um ao outro como escada, como no filme!

Existem inimigos especiais, mas não irei entrar em detalhes para não interferir na experiência de quem for jogar. É interessante perceber que uma bolsa de gás pode ser identificada pelo seu traje de proteção amarelo brilhante.Os Gritadores atraem mais zumbis, trepadeiras saltam sobre os sobreviventes e causam danos. No geral, eles são muito mais fracos que zumbis especiais em games do mesmo gênero. Isso permite não tirar o foco da ameaça real: milhares de zumbis sedentos de raiva.

Esse é o ponto alto do game, quando os zumbis se movem como uma maré ou fluxo de um rio. É satisfatório puxar um facão e abrir caminho através de “ondas”. Além disso, separá-los é gratificante e sangrento, onde você pode partir um zumbi ao meio, tirar membros individuais ou explodir suas partes com uma espingarda. Em um breve momento, me vejo rindo histericamente quando me viro, vejo um zumbi subir numa catraca e o interrompo diretamente nos tornozelos. Essa é a diversão!

Seus pés permanecem na catraca enquanto o resto dele explode na escuridão, caindo e rumando a um lance de escadas, desaparecendo de vista. É um efeito bem-vindo para uma experiência divertida!

O game World War Z fornece uma infinidade de ferramentas: espingardas, rifles de assalto, motosserras, armas de choque, granadas. Na verdade, até arrisco a dizer que há pouco incentivo para parar de usar o facão, mesmo sendo bem legal com as armas de fogo. Talvez se eu estivesse jogando com as maiores dificuldades e com amigos, seria mais interessante. Em vez disso, eu abuso do facão, pois pode derrubar o zumbi que salta, antes que pule em mim. E enquanto relaxa para tentar fugir de hordas de zumbis, é espetacular vê-los cambalear e se atrapalhar com as peças paradas.

Cada nível se esforça com seu próprio ritmo, mas há poucos momentos de calmaria, pois a maioria é recheado de tensão. Os infectados especiais aparecem tantas vezes que perdem o impacto da adrenalina. Quando ouvi o sinal de áudio que um “tanque” estava entrando em Left 4 Dead, eu começava a suar. Em World War Z, o game irá gerar quatro ou cinco zumbis do tipo “touros” em 10 minutos, e isso se torna repetitivo em demasia.

Eu enxergo o game World War Z como uma experiência bem legal, mas que poderia ser melhor. Há um vislumbre de potencial que levanta a questão do que teria acontecido se o game tivesse sido retirado do livro World War Z e tivesse coisas como personagens e narrativas mais abrangentes.

Há muito espaço para este game existir ao lado de Left 4 Dead, mas de fato aparece como um sucessor mais fraco.

Por fim, é uma pena que a experiência não seja surpreendente, porque World War Z poderia ter tantas ideias muito interessantes, como um modo multiplayer mais abrangente, hordas de zumbis enormes em centros urbanos dificultando avançar em seus objetivos e um sistema de progressão contínuo para sobreviventes. Infelizmente, nada disso acontece, exceto a visão de centenas e, em alguns momentos, milhares de zumbis zangados formando uma pirâmide humana de ódio e vindo freneticamente na direção de você e sua equipe.

O game World War Z foi lançado em 16 de Abril para PC com Windows, na Epic Games Store, e para os consoles Xbox One e PlayStation 4. Este artigo foi escrito após experiência com o game no Xbox One X e após LIVES na Plataforma MIXER, através do canal https://mixer.com/reavargas.

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Você pode gostar também

Inicie a discussão na Comunidade Arena Xbox