Sable pode te surpreender (ou não) esse ano

maxresdefault

Impressões sobre Sable.

2019 é o ano em que o jogo indie Sable, produzido pela Shedworks será lançado, e ele pode te deixar apaixonado ou decepcionado por contar com uma ambiciosa e intrigante abordagem.

Sable é um jogo onde a narrativa é o unico norte que o jogador tem e é possivel explorar o mundo como quiser desde o inicio. Um ambicioso projeto que foi criado por apenas duas pessoas, que por sinal, moram na mesma cidade que eu, em Londres. Em conversa com eles durante a Gamescom 2018, conversamos sobre assuntos que vão desde o visual incrivel do jogo, até mesmo sua trilha sonora feita por Japanese Breakfast, um projeto solo de Michelle Zauner.

Sable é um jogo sobre auto-conhecimento, e começa quando a adolescente Sable precisa sair de seu vilarejo em um rito de passagem no qual o objetivo é deixar seus pais e amigos e explorar o mundo em busca de identidade. Nesse caminho, as máscaras encontradas durante o jogo classificam a personagem e o jogador escolhe se aquela forma é como ele deseja que o personagem seja reconhecido. O mundo do jogo será o mesmo para todos mas as experiências que cada jogador terá serão completamente diferente. Enquanto explora o mundo, Sable aprenderá mais sobre a história dos seus habitantes e tentará encontrar o seu lugar no vasto universo do jogo.

Sable conta com uma companheira inseparável: sua hoverbike, que ajudará na exploração do universo do jogo e pode ser customizada de acordo com a vontade do jogador. O estilo do gameplay lembra bastante Zelda BOTW por conta da barra de stamina, mas com um detalhe: não existem inimigos! Isso mesmo! Não existe nem um tipo de perigo ao jogador. Tudo se baseia em como ele constroi sua história, enquanto explora e acha as máscaras. Usá-las garante interações únicas com NPCs que podem te ignorar por completo ou te receber pedindo que realize uma “quest” para eles. Existem várias atividades e “side quests” curtas que te apresentarão inúmeras máscaras diferentes, e esse é o charme de Sable, pois você tem controle total nas escolhas nessa jornada em busca do seu verdadeiro eu.

Quando perguntei sobre a participação da Japanese Breakfast na trilha sonora, eles adoraram e disseram que a participação da criadora do projeto Japanese Breakfast, Michelle Zauner, não apenas criou a trilha sonora mas também deu ideias para o jogo. No site do projeto, encontrei um joguinho de RPG que é baseado na música Japanese Breakfast, que você pode jogar no seu browser. Por favor, dê uma chance, pois é puro amor.

http://japanesebreakfast.rocks/BreakQuest/index.html

Falamos também a respeito do idioma que o jogo estará e os criadores confirmaram que teremos PT-BR nas legendas apenas, até porque os diálogos não terão voz e isso é parte da ideia de silencio e reflexão dentro do jogo.

A arte grafica está linda e você chega a pensar que está assistindo uma animação desenhada na hora, é realmente muito bonito.

Sable ainda não tem data definida mas sabemos que o lançamento será esse ano. Eu não vejo a hora de jogar essa obra de arte, e esperamos que a experiência dentro do jogo seja tão encantadora quanto seus traços.

Se Inscrever
Notifique me
1 Comentário
Mais Votados
Mais Novos Mais Antigos
Inline Feedbacks
Ver todos comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLer Mais

1
0
Amamos sua participação, por favor comente!!!x
()
x