Nascar Heat 3 – [Análise do Arena]

É hora de acelerar!

Belíssimos motores V8 dianteiros, com tração traseira que podem chegar até 800 cavalos e nada de tecnologia (inclusive um belo carburador, nada de injeção eletrônica) chegando a 320 km/h nas pistas. Conhece isso de algum lugar?

Nascar Heat 3, lançado em 07 de Setembro, foi publicado pela 704 Games e desenvolvido pela Monster Games. O jogo conta diversas novidades e melhorias que serão abordadas ao longo da Análise do Arena!

  • Considerações Iniciais

Uma coisa inegável que vem acontecendo, é o grande avanço dos jogos de corrida. Vemos isso em Project Cars 2, que levou o nível de realidade das pistas ao extremo com o livetrack 3.0, e em Forza Motorsport 7, que trouxe toda emoção e realismo para jogadores que não possuem volante.

NASCAR Heat 3 vai na contra-mão dos jogos citados, pois ele foi projetado com um estilo mais casual e arcade, adequado para mais do que apenas entusiastas de simuladores, mas também para jogadores que querem ação rápida que seja fácil de pegar e apreciar.

A desenvolvedora MonsterGames conseguiu encaixar sua série Nascar Heat e está vindo buscar uma grande fatia do mercado de corrida – uma que, nós brasileiros, não damos tanta atenção: as corridas de resistência, tais como 24 horas de Le Mans, 500 milhas de Indianópolis, e por que não, as 500 milhas de Kart do Brasil?!

500 milhas de kart no Brasil
  • Modo Carreira

Nascar Heat 3 traz o modo campanha mais profundo já visto na série, ele te leva direto para as pistas de terra com a turnê Xtreme Dirt com pistas não oficiais, porém, baseadas em grandes circuitos como Charlot Motor Speedway e Bristol.

Este modo começa com você, um piloto novato, sendo convidado para ocupar um assento de algumas equipes e ir correr na terra para mostrar seu potencial e, depois dessa “fase tutorial”, você tem a possibilidade de ingressar em uma equipe já formada e sair pilotando os carros sem nenhuma preocupação além de se qualificar bem e correr bem, ou para ter uma experiência mais imersiva, você pode montar sua própria equipe.

Caso você queira montar sua equipe, não ache que o jogo vai se passar só dentro da gaiola do seu carro, por que agora fica sério! Você terá que cuidar das finanças do seu time,contratar mecânicos que vão melhorar seu motor, aerodinâmica, velocidade, e assim por diante, e eles terão um preço (as vezes beeem salgado), e para conseguir dinheiro suficiente, assim que você sai das suas corridas de teste você recebe algumas propostas de patrocínio.

As propostas basicamente são: Mais dinheiro agora, e menos dinheiro cumprindo objetivos de corrida, ou menos dinheiro agora, e mais dinheiro cumprindo objetivos de corrida. A decisão de qual escolher é completamente sua.

Outra coisa que acaba sendo muito divertida durante as várias e várias corridas e centenas de voltas em circuitos ovais e mistos, é o sistema de rivalidade e amizade que você tem com outros pilotos, por exemplo: Durante minha série de corridas na terra, recebi algumas mensagens de outros pilotos me advertindo por pilotagem extrema e suja, ou reclamando por eu te-los ultrapassado, quando recebi isso tive a escolha de ser gentil e pedir desculpas, ou realmente botar lenha na fogueira e criar discussões (É TREEEETAAA!!!), e suas escolhas irão influenciar na pista; os pilotos rivais vão te fechar frequentemente quando você tentar ultrapassar, enquanto os amigos irão tirar o pé do acelerador em certos momentos.

Xtrem Dirt Series, onde tudo começa

Ah, a equipe Arena Xbox não incita o ódio e violência em ocasião nenhuma, mas… não seja legal com todo mundo, vale a pena ter alguns rivais para ter boas brigas na pista! 😀

  • Jogabilidade

Aqui terei que abrir uma reclamação, a jogabilidade no volante deixa muito a desejar. Talvez isso seja corrigido em algum patch futuro, porém no momento, o efeito da força G (force feedback) é quase nulo, pois num carro fazendo curva a quase 300 km/h, o que se espera é uma força contrária a curva muito forte, exigindo do piloto certa força para guiar o carro, mesmo sabendo que é apenas um jogo e é possível ajustar as configurações, mesmo na configuração máxima sinto facilidade em virar o volante, e não sinto nenhuma ou pouquíssima resposta dos pneus e do carro no volante. E estamos falando de um carro com tração traseira e quase uma tonelada e meia com o motor na frente, ou seja, o carro joga a traseira pra fora nas entradas e saídas de curva muito forte, e não sinto isso. Pra ver as respostas do carro, tive que jogar em terceira pessoa,o que tira um pouco da imersão na minha opinião. Porém, no controle a história é outra, tal como jogos da franquia forza, o jogo se torna mais intuitivo e mais jogável no controle, se mostrando um jogo de corrida arcade muito bem desenvolvido.

Nas configurações você pode ativar o “Spotter”, um cara que te alerta de como está ao seu redor pelo rádio com mensagens curtas e claras: “Carro acima, mantenha”, “Fique”, “Livre abaixo”…

  • Gráficos

Aqui está outro ponto que me decepcionou um pouco, pois para um jogo de 2018 onde temos lançamentos de corrida com gráficos estonteantemente lindos, Nascar Heat 3 entrega gráficos moderados. Não entenda mal, eles não são feios, além do mais, são corridas com 200 voltas, 40 carros correndo simultaneamente e destroços de acidente espalhados, mas acho que faltou um pouco de polimento final no jogo.

  • Considerações Finais do Jogo

Nascar Heat 3 é um divertido jogo de corrida de stock car, mas que precisa caminhar para uma simulação, algo mais realista, para poder atrair o público que realmente gosta deste tipo de corridas do estilo endurance (resistência e longa duração). Porém o jogo se compromete a entregar uma experiência casual e leve, onde todos jogadores podem desfrutar da franquia sem precisar investir em volantes e cockpits, e ainda assim ter a experiência completa de Nascar Heat 3.

Durante toda a experiência que tive, o máximo de bugs que vi foi um carro sair girando loucamente na pista, tirando isso, o jogo roda liso. Os problemas visuais que o jogo encontra creio que serão resolvidos com alguma atualização futura.

  • Nota sobre Automobilismo Virtual

Infelizmente, no Brasil temos uma cultura muito pequena quanto a corridas de longa duração como 24 horas de Le Mans, 500 milhas de Indy, e as próprias corridas de Nascar com centenas de voltas. Um pouco disso se dá pela falta de personalidades brasileiras no automobilismo mundial… acabamos não acompanhando nem mais corridas de Fórmula 1, já que não temos mais brasileiros competindo, e isso influencia diretamente no mundo virtual, com poucos fãs se dedicando e acompanhando estas séries, e todos sabemos que o sucesso de um jogo depende inteiramente da quantidade de fãs que compram e como reagem a tal.

Você jogou algum jogo da Série Nascar Heat? Deixe nos comentários sua experiência ou sua GamerTag e vamos jogar juntos! 😀

Nascar Heat 3 está disponível na Microsoft Store e pode ser adquirido clicando aqui.

7.5
Divertido

Nascar Heat 3 é um jogo muito divertido que vai manter você que gosta de automobilismo por muitas horas entretido, porém, tem um longo caminho para chegar nos grandes jogos atualmente no mercado.

  • Carreira e História 8
  • Jogabilidade 6
  • Gráficos 7
  • Diversão 9

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.