Mutant Year Zero: Road to Eden é lançado para Xbox One

E já está no catálogo do Xbox Game Pass!

Mutant Year Zero: Road to Eden, desenvolvido  pela The Bearded Ladies e publicado pela Funcom, chegou dia 4 de dezembro para Xbox One e já está disponível para os assinantes do Game Pass.

Mutant Year Zero combina combate em turnos de XCOM, com narrativa, exploração, furtividade e estratégia.

Controle um time de mutantes em uma terra pós-humana a procura de uma salvação ou apenas algo para comer. Para sobreviver, você e seus companheiros devem sair em busca de aventura explorando a Zona.

Sobre o jogo:

Era só uma questão de tempo. Mudança climática extrema, crise econômica mundial, uma pandemia letal e uma tensão crescente entre superpotências antigas e novas. Pela primeira vez, desde 1945, foram usadas armas nucleares em confronto armado. Nuvens de cogumelo se formaram do leste ao oeste até a poeira abaixar.

Agora está tudo acabado e a Terra se calou. A natureza invadiu cidades arruinadas. O vento varre as ruas desertas, que se transformaram em cemitérios. A raça humana se foi. Os Mutantes (humanoides e animais deformados) vasculham pelo que restou da civilização, procurando por salvação ou apenas algo para comer. Para sobreviver, você e seus companheiros devem sair em busca de aventura explorando a Zona.

Talvez um dia você encontre o mítico Éden: um refúgio dos anciãos bem no meio do inferno. É aí onde a verdade se encontra, como dizem as histórias. Talvez lá você encontre as respostas que procura.

Você pode adquirir Mutant Year Zero: Road to Eden por R$ 87,45 através da Microsoft Store.

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Você pode gostar também
  1. Jorge Diz

    Já experimentei, e vale a pena os gráficos são bom, os comandos fáceis e intuitivos, e o melhor é os diálogos bem escritos e lúdicos.
    Um bom exemplo de um bom trabalho e dedicação que vemos desaparecendo ao longo deste pay to nothing times…

  2. Rubens Diz

    Estou gostando demais do jogo, em vários aspectos ele avança em relação ao XCOM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.