Setembro Amarelo
O silêncio pode dizer muita coisa.

Judgment – [Análise do Arena]

Judgment é extremamente importante para os fãs de Yakuza 

A versão melhorada de Judgment chegou para Xbox, mas apenas para a nova geração. Na trama conhecemos o protagonista Takayuki Yagami que deixou de ser advogado após um terrível incidente e desde então tem se dedicado a ser um detetive particular, investigando casos pequenos como possíveis traições em um relacionamento ou casos maiores como uma série de terríveis assassinatos de membros da Yakuza que tiveram seus olhos arrancados.

Seguindo o modelo dos jogos da Ryu Ga Gotoku Studios, Judgment é mais um título que oferece diversas interações sociais com os moradores locais de Kamurocho, cidade fictícia baseada em Kabukicho que fica na província de Shinjuku em Tóquio além dos clássicos minigames espalhados pela cidade que vão desde apostar em jogos de azar em um cassino ou frequentar o Club Sega e jogar games antigos da empresa como Puyo Puyo Tetris ou até mesmo Virtual Fighter 5. Em alguns momentos Yagami acaba conhecendo melhor alguns moradores ou até mesmo atendentes de algumas lojas da cidade, podendo elevar o seu nível de amizade cumprindo certos desafios o que pode resultar em Pontos de Habilidade  ou itens.Judgment 8

Yagami possui duas formas de combate, uma focada para enfrentar apenas um inimigo e outra que conta com golpes focados para enfrentar grupos de inimigos, ambas as formas podem ser aprimoradas adicionando novos combos utilizando os Pontos de Habilidades que são adquiridos completando alguns desafios ou até mesmo simplesmente terminando as missões principais ou as diversas missões secundárias. Também é possível utilizar alguns itens que aumentam o dano durante o combate ou até mesmo colocar danos elementais como fogo que pode queimar os inimigos além de dar mais dano.

Judgment no Xbox Series S possui loadings extremamente rápidos o que deixa o jogo bastante dinâmico de uma cutscene para a gameplay ou vice-versa, porém como de costume dos jogos da franquia Yakuza em Judgment não é diferente, então se prepare para diversas linhas de diálogos e longas cutscenes o que não é de se estranhar dado o histórico dos jogos lançados anteriormente, entretanto a atuação dos personagens compensa muito o tempo de tela consumido por conta da imersão de toda a história num geral, seja nas missões paralelas ou nas principais.

 

Em muitos momentos é possível até pensar que está jogando um Yakuza, porém a agilidade dos movimentos de Yagami e a acessibilidade fornecida pelo smartphone utilizado pelo protagonista é o que faz a diferença entre os dois jogos, fora os momentos em que é necessário investigar sorrateiramente algum npc, porém essas partes são bastante longas o que pode ser um pouco cansativo. Em certos momentos da história do jogo é preciso apresentar provas para argumentar o ponto em que está sendo discutido, então é bastante importante estar atento aos diálogos porém o jogo não te pune caso escolha uma prova errada.

Judgment 11
Se você já conhece o estilo de jogo produzido pela Ryu Ga Gotoku Studios não irá se deparar com nada muito diferente do normal, além da linha mais investigativa e irá perceber também a evolução da cidade de Kamurocho e as melhorias dos combates. O jogo por ser uma versão apenas para Xbox Series X|S utiliza de forma satisfatória as vantagens do novo console da Microsoft, com loadings extremamente rápidos, porém infelizmente Judgment não apresenta legendas em português do Brasil, mas quem sabe futuramente seja adicionada assim como aconteceu em Yakuza Like a Dragon. Para um novo jogador também é uma excelente porta de entrada, já que é um spin off com uma história completamente independente sem pontas amarradas com outros títulos da franquia Yakuza, mas claro se você tiver jogado os outros jogos irá perceber algumas referências, mas esteja preparado para um jogo cheio de reviravoltas na trama e longas linhas de diálogos que são bem recompensadas pelo excelente gameplay e pelas experiências fornecidas através dos mini games da cidade de Kamurocho.

Adquira Judgment através da Microsoft Store.

*O game foi gentilmente cedido pela Agência Masamune para essa análise.

Análise do Arena

Cheio de reviravoltas ao longo da história, Judgment consegue prender o jogador a narrativa apresentada, além do novo protagonista ser um personagem bastante carismático. Prepare-se para um jogo cheio de diálogos e grandes momentos de pancadaria.

8.5
Intrigrante
  • Design 8
  • História 9
  • Gameplay 9
  • Design 8
Se Inscrever
Notifique me
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLer Mais

0
Amamos sua participação, por favor comente!!!x
()
x