Far Cry 6 – [Análise do Arena]

Depois de muita espera, vamos conhecer Far Cry 6 e o arquipélago de Yara

A Ubisoft finalmente lançou Far Cry 6, e eu como bom fã da franquia venho trazer os pontos positivos e negativos do game, que aliás, está recheado de novidades e conteúdos. E como de costume, vamos por partes, considerando as mais relevantes para entendermos o game.

cc597895 ffe1 455f 8ad5 cb1fc66e663b7144391318945525495
Dani Rojas

História

Primeiro, o mais importante: a história do game. Far Cry sempre foi um título falando sobre revoluções, oprimidos se levantando contra os opressores…e já tivemos diversos cenários, desde o mundo pré-histórico em Far Cry: Primal, até mesmo uma cidade cheia de fanáticos religiosos em Far Cry 5.

Todos esses games sempre tiveram algo em comum: um grande vilão, com um plano diabólico de dominar todos ao seu redor e aumentar o seu domínio. Dessa vez não é diferente.

O vilão, nesse caso é El Presidente, também conhecido por Antón Castillo, interpretado pelo grande ator, Giancarlo Esposito, que aliás, faz um grande papel como o grande vilão do jogo.

Temos também a presença de seu filho, Diego Castillo, que é um dos principais personagens no game, sendo essencial em vários momentos da história.

A protagonista de Far Cry 6 é Dani Rojas, que também pode ser “o” Dani Rojas, mas como nos foi apresentando no trailer como “a” Dani Rojas, decidi seguir com a personagem no gameplay, lembrando que a escolha do gênero não muda nada na trajetória.

Não pretendo dar spoilers da história, mas em um contexto geral, ela é muito bem contada e explicada, muitos personagens interessantes são apresentados ao decorrer do game e não há menção a personagens dos games antigos, com exceção de Hurk, personagem responsável pelo coop dos games antigos, apesar de nesse ser apenas uma carta, onde ele informa que enviou um cachorro direto de Hope County para Yara. E sim, é o Boomer.

Vista de Yara

Voltando ao principio, o foco da história, é tirar Anton Castillo do poder, mas um ponto que achei muito interessante e que não foi abordado nos jogos anteriores, é que logo no inicio, os personagens já sabem que só derrubar o ditador não vai resolver, e sim, eleições democráticas e remover os insurgentes (falamos disso mais tarde) restantes do Presidente.

Ao longo de sua estadia em Yara, você irá fazer vários aliados, desde fazendeiros cansados da opressão, até mesmo lendas que fizeram parte da primeira revolução de Yara, em 1967, como o seu principal aliado, Juan Cortez, um velho que apresenta as gambiarras que serão muito uteis durante a luta, além de ensinar algumas técnicas, criando supremos e dando missões para aumentar seus aliados.

Nesse meio todo, o objetivo de Dani é um só: juntar o maior número de aliados a Libertad e derrubar o regime ditador de Anton Castillo e seus generais.

Gameplay

A parte que mais interessa a todos é o gameplay, já que em Far Cry, a Ubisoft tem o costume de usar a mesma fórmula, sempre.

Em Far Cry 6, apesar de ter muitos elementos herdados dos outros games, os desenvolvedores conseguiram melhorar alguns aspectos e implementar um sistema de RPG, que é bem simples de se usar, através de roupas e acessórios para armas que ajudam na jogatina e melhoram seu personagem, seja para um combate direto e até para uma abordagem mais furtiva.

Uma das coisas que é o ponto forte e ao mesmo tempo o ponto fraco da franquia é a parte de tomar os postos avançados, o que parece ter tido uma maior importância nesse game, onde vai desde pedágios na estrada, que se você passar correndo por eles, como era comum em outros jogos, você terá seus pneus furados por pregos na pista, o que faz você pensar duas vezes antes de passar direto sem tomá-los.

Como o gameplay tem bastante recursos novos, vou separar em tópicos para facilitar o entendimento dos novos sistemas.

e403111b 97ee 4214 bd5a 16a849e140835724362112828240247
Arsenal

Armas


Far Cry 6 possui uma grande quantidade de armas únicas, além das armas de gambiarra e dos supremos, que são liberadas através da coleta de urânio empobrecido pelo mapa, o jogador pode encontrar armas em baús espalhados por toda Yara, ou através de guarnições que vendem armas em troca de Pesos Yarenses, a moeda oficial de Yara.

Cada arma possui um projeto especial, que também é liberado através de baú, sendo que esses projetos não podem ser modificados, porem, você pode equipa-lo como skin nas armas base, que são libres parar aplicar modificações, como silenciadores e balas perfurantes.

Os supremos

Imagina colocar um monte de foguetes dentro de uma mochila, e ser capaz de lançá-los nos inimigos sempre que quiser? Os supremos do Juan estão ai pra isso. Um sistema maravilho, que pode te ajudar a se livrar dos inimigos das mais diversas formas, desde uma mochila lança-chamas capaz de te dar um impulso na hora de saltar, até uma mochila kit medico capaz de te reviver.
Como mencionei acima, para liberar os supremos, você só precisa encontrar armas antiaéreas que estão espalhadas por Yara, e coletar os baús de uranio empobrecido, assim, é possível usar até quatro ferramentas diferentes além do supremo, como granadas, e seringas de cura, fora a possibilidade de customizar a aparecia de cada supremo.

Os supremos

Equipamento

Outro recurso inédito em Far Cry 6, são os equipamentos, conjuntos de roupas que além terem o aspecto estético, servem para melhorar os status de Dani. São 5 tipos de peças diferentes, sendo elas: Cabeça, torso, perna, pés e punho.

Lembrando que é possível montar o conjunto de cada peça, sendo um total de mais ou menos 25 conjuntos disponíveis no jogo, e seguem o mesmo padrão das armas, você pode pega-las em baús pelo mapa, ou comprando na guarnição.

Ranque

O sistema mais simples de todos, o ranque nada mais é que o level do seu personagem, quando mais missões e inimigos destruir, mais xp você ganha, podendo ganhar experiência destruindo outdoors inimigos, coletando itens nos complexos e tomando pontos de controle, sendo que o jogo conta com um total de 20 niveis desbloqueáveis, a medida que você derrota um inimigo poderoso, o exercito envia mais tropas para o mapa, aumentando o nível dos inimigos automaticamente.

Parças

Cada parça tem 3 atributos que podem ser desbloqueados enquanto se usa ele, dando habilidades especificas por cada atributo desbloqueado.

e852e351 21c3 4472 af0a 7bbc16dbc46c6460425085208276208
Os parças

Apesar de ser uma mecânica já usada desde Far Cry 5, o sistema de parças é algo que é bem útil, com um total de 5 parças diferentes, você tem desde o galo Chicharrón, até Cabum, anteriormente conhecido por Boomer em Far Cry 5 (como mencionei acima, ele foi enviado por Hurk direto de Hope County.

Veiculos

Dessa vez, temos duas categorias diferentes de veículos disponíveis, os veículos que são encontrados no mapa, que pode levar até pontos específicos dos seus acampamentos e solicitados nesses pontos a qualquer momento, e os veículos que são armados para a guerra.

Esses veículos são liberados sobre certas condições, seja visitando a Yami, responsável pelas corridas, ou ate mesmo encontrando em galpões abandonados pelo exercito de Anton. A diferença desses veículos, é a possibilidade de customização, onde você pode equipar armas, aríetes, mudar a cor do interior e até mesmo a buzina, com um total de 4 modelos, vale a pena manter esses veículos sempre bem equipados, e a melhor parte é que você pode solicita-los de qualquer parte do mapa, que um guerrilheiro faz a entrega para você.

Veículos modificaveis

Rinha de Galo

Certamente o mais polemico até aqui, as Rinhas de Galo estão inseridas no jogo em forma de mini game, antes de tudo, nem esse que vos fala, e nem a esquipe e o site Arena Xbox compactuam com a crueldade com animais, seja ela de qualquer tipo, porem, vale ressaltar que isso é um jogo e como em todo e qualquer jogo, nem tudo que está nele deve ser repetido (como por exemplo carregar armas de fogo sem permissão ou treinamento), dito isso, vamos ao que importa.
O sistema das lutas é bem simples, e até mesmo divertido, contando com 19 galos diferentes, Chicharrón não é um deles, você tem comandos básicos de luta e esquiva, e três níveis diferentes de dificuldade, além de missões paralelas mostrando que nem sempre maltratar um animal desses, é uma boa escolha.

Inventario

Em Far Cry 6, o sistema de inventário é mais simples do que parece, ele serve apenas para mostrar os materiais que são coletados por você e que estão espalhados pelo mundo, entre outros itens menos importantes para a historia e o desenvolvimento do seu personagem.

Considerações finais

Apesar de ter todos esses sistemas únicos, sendo alguns herdados de outros games da franquia, e outros novos, encaixam muito bem no mundo que é apresentado, as gambiarras são bem interessantes, apesar de que os supremos me foram mais uteis durante a jogatina, mais por uma questão de opção minha, já você tem total liberdade de escolher qual arma de gambiarra e qual supremo irá desbloquear.

Apesar de muitos elogios, nem tudo são flores, muitas coisas me deixaram frustrado duranto a gameplay, como por exemplo, sempre que solicitava um carro, o entregador demorar uma vida inteira para sair de dentro do veiculo, ou do lado da porta, me impedindo de entrar, confesso que algumas vezes foi mais fácil meter bala na cabeça do cidadão do que esperar a boa vontade dele.

E apesar de você lutar para diminuir a força do exercito de Castillo das terras de Yara, isso é o que menos parece acontecer, por mais que você combata os inimigos, cumpra as missões e derrote os generais, incrivelmente eles ficam mais fortes, enviando mais soldados a cada objetivo cumprido.

7339f271 2ee6 49dc a305 598b9db10b034289840415705705833
Yara

Outra coisa que não é tão legal assim (ALERTA DE POSSIVEL SPOILER) é a questão da cidade, Algo tão aguardado pelos fãs da franquia, e que apesar de ser linda, e relativamente grande, sua locomoção por ela é limitada por barreiras e corredores. Mas ai você pensa que, salvando a cidade da tirania e livrando Yara de Castillo, a cidade será reaberta, e eu poderei passear feliz pelas ruas de Esperanza, errado, a cidade continua cheia de bloqueios, e com um potencial de exploração enorme, simplesmente jogado no lixo.

Mas mesmo assim, não deixei de ter horas de diversão, o mapa realmente é enorme, o maior da franquia, cheio de praias, vilarejos e muitos locais interessantes para serem explorados, as missões principais e paralelas dificilmente são repetidas, tendo a sensação de um jogo orgânico no fim das contas.

Uma breve ressalva pro modo cooperativo, que é bem divertido, apesar de você ter apenas o conteúdo da campanha principal, podendo zerar juntamente com um amigo seu, após o prologo.

Dani Cantando Livin’ la vida loca

No geral, Far Cry 6 foi tudo que eu esperava de um game, a historia é redondinha, a gameplay foi bastante melhorada, e os detalhes são a cereja do bolo, como por exemplo a Dani cantando junto com a musica do radio, confesso que achei algo muito legal e mostrou que a personagem não é só um boneco controlável, e sim um personagem ativo no enredo.

Adquira Far Cry 6 através da Microsoft Store.

O game foi gentilmente cedido pela Agência Drone para essa análise.

Análise do Arena

O jogo entrega o que promete, e pode se tornar facilmente um dos melhores da franquia, sem sombra de duvidas.

9.7
Incrivel
  • Historia 10
  • Gameplay 9
  • Visual 10

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Se Inscrever
Notifique me
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLer Mais

0
Amamos sua participação, por favor comente!!!x
()
x