[esKentando] – Retrospectiva Mortal Kombat

Vamos fazer um tour pela história do game!

Ao longo de 26 anos da franquia Mortal Kombat, o game ficou famoso por sempre trazer uma boa história dentro de um jogo de luta. Tivemos sete jogos seguindo uma história principal e em 2011, a sua história recebeu um reboot, que já conta com 2 jogos, e no final do mês, lançarão a continuação dessa história.

A história antes do Reboot, começa na EarthRealm ou plano terreno (como é chamada a Terra dentro do jogo), aonde existe um torneio que reúne os lutadores mais poderosos para participar, chamado de “Mortal Kombat”, no qual um lutador meio homem, meio dragão conhecido como Goro, está invicto há quase 500 anos, desde que derrotou o grande Kung Lao.

Um homem amaldiçoado chamado Shang Tshung, chefe da criatura Goro, tomou conta e corrompeu o torneio. A invencibilidade de Goro é terminada quando Liu Kang, um monge criado pelo templo da luz, derrota a besta e ainda consegue derrotar Shang Tsung, assim terminando os eventos de Mortal Kombat 1.

Em Mortal Kombat 2, descobrimos que na verdade, o feiticeiro Shang Tsung respondia a um imperador de outro mundo chamado de Shao Khan, que teve a sua vida poupada e juventude restaurada, após prometer a Shao Khan, que compensaria seu fracasso no plano terreno criando um novo torneio, aonde os perdedores poderiam ser mortos pelo imperador e seus súditos. Mas Liu Kang acaba ganhando novamente o torneio e derrotando Shao Khan.

Em Mortal Kombat 3, após ser derrotado mais uma vez por Liu Kang, Shao Khan dá inicio ao seu plano de 10.000 anos. Ele pede ajuda a Shang Tsung para ressuscitar Sindel na Earthrealm, sua antiga esposa, que foi forçada a se casar com ele. Assim, ele poderia passar pelas leis do Mortal Kombat e invadir a terra, e no 3º torneio, mostra-se que na verdade, ele era um mecanismo de defesa do plano terreno contra Shao Khan.

Em Mortal Kombat 4, um Deus ancião chamado Shinnok, estava acompanhando todos os acontecimentos direto do NetheRealm. Seria o início do inferno no universo de MK. Com a ajuda de Quan-Chi, ele começa uma guerra contra o plano terreno.

Muitas eras atrás, Shinnok já havia lutado contra Raiden, e a batalha dos dois deuses levou ao extermínio de toda uma civilização, mas dessa vez, Raiden acredita que a batalha deve ser vencida pelos mortais, e o deus do trovão e protetor do plano terreno, acaba com Shinnok, livrando o plano terreno de mais uma ameaça. O game termina com Scorpion levando Quan-Chi para NetheRealm, após ele assumir a culpa pelo assassinato do clã do ShiRai-Ryu.

Propaganda

Mortal Kombat: Deadly Alliance começa com Scorpion perseguindo Quan-Chi e ele usa o amuleto roubado do deus ancião para escapar e indo parar acidentalmente na tumba de Onaga, o rei dragão, e descobre que pode trazer o exercito de Onaga de volta reunir uma quantidade de almas. Fazendo uma aliança com Shang Tsung, eles conseguem matar Liu Kang e dessa vez, Shao Khan leva a melhor no final do game. A continuação já começa com Quan-Chi e Shang Tsung lutando pelo poder, e descobrem que também ressuscitaram Onaga. Para derrotá-lo, os dois fazem uma aliança com Raiden, mas só acaba levando os três a morte. Onaga é derrotado por Shujinko, assim encerrando os acontecimentos de mais uma saga de Mortal Kombat.

O último game antes do reboot, é Mortal Kombat: Armageddon: onde é mostrado como o torneio chegou a um estado absurdo de corrupção, e assim deve se travar uma última batalha para decidir o destino dos mundos.

Ao decorrer do jogo, mostra-se que um deus ancião já havia corrompido o Mortal Kombat, e lançado um feitiço para que o último guerreiro vivo do torneio, tornaria-se um deus, no qual, ele coloca seus filhos Deagon e Teven para hibernar e assim, despertar no futuro e impedir o apocalipse. No final, Teven acaba derrotando Blaze, o guardião que precisa ser derrotado para vencer o último Mortal Kombat, e assim finalizar a história antes do reboot.

Em 2011, tivemos o lançamento de Mortal Kombat, que seria o esperado reboot da história.

O novo jogo já começa no final do Armageddon, porém temos a parte dos irmãos Deagon e Teven totalmente apagadas, e no alto da pirâmide, já se encontra Raiden e Shao Khan lutando. Segundos antes de morrer, Raiden manda uma mensagem para ele mesmo no passado, dizendo “Ele deve vencer”, e ele recebe no momento do primeiro torneio.

A história principal do jogo se mantém a mesma do Mortal Kombat 1, 2 e 3, apenas com algumas alterações para incluir personagens novos desde o início. A morte de alguns lutadores do plano terreno, em especial de Liu Kang, que acaba alterando para Raiden matar Shao Khan no final.

Mortal Kombat X conta a história de Mortal Kombat 4: a batalha contra Shinook, mas dessa vez, incluindo a briga entre Mileena e Kotal Khan pelo trono da ExoTerra e com a morte de Quan-Chi no decorrer do jogo.

E são essas alterações que Raiden fez na linha do tempo, que irritou a guardiã do tempo. E a partir, disso teremos o decorrer da história de Mortal Kombat 11.

Esse pequeno tour foi feito apenas com os fatos principais de MK. Ainda existem histórias paralelas dentro do universo que valem a pena serem exploradas. Fiquem ligados nos próximos dias aqui no arena, para mais do universo de Mortal Kombat.

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Você pode gostar também