eFootball PES 2020 – [Análise do Arena]

Time cada vez mais entrosado

Publicado e desenvolvido pela Konami, eFootball PES 2020 (nosso eterno PES 20), busca ser o jogo definitivo de futebol da geração, especialmente com uma maior dedicação ao cenário de eSports. E após tantos anos, o game deixa o o modo arcade de lado e aposta na jogabilidade mais real. Aqui, vamos conversar sobre em quais aspectos eFootball PES 2020 erra e acerta.

  • PES é PES

Apesar da mudança em específicos aspectos, a “velha guarda” do game ficará muito satisfeita com a nova versão. A essência está amplamente mantida. Se levarmos em conta que esse pode ser o último jogo lançado para a geração (e por ser um jogo de futebol), não tinha como esperar por uma grande revolução na forma de jogar. Caso você seja um novato na série, irá se adequar perfeitamente a jogabilidade, mesmo que esteja “migrando” de FIFA para PES.

  • Carinho com a torcida brasileira

Se tem um fator que nós brasileiros temos que exaltar a Konami, é o esforço para trazer os clubes da Série A e Série B do nosso amado e odiado Brasileirão. A grande maioria dos jogadores estão presentes no game, visto que o acordo é feito com um por um dos selecionados (nossa já conhecida burocracia), assim como a licença de todos os clubes. Para um torcedor fanático (ah, meu Fluzão), é uma sensação indescritível jogar as partidas com seu time de coração e disputar um clássico nacional no Maracanã, por exemplo. Apesar da publisher (até a data dessa análise) ainda não ter feito a atualização ao vivo nos novos contratados (como Dani Alves no São Paulo e Felipe Luís no Flamengo), esse update chegará em breve. Mas claro, isso não atrapalha na experiência.

Não podemos esquecer que por mais um ano, a localização está incrível, e a dupla Milton Leite e Mauro Beting se mantém narrando e comentando as partidas, com seus bordões característicos e hilários. “A batiiiiida”

  • Gol de placa nos gráficos

Os gráficos estão um deslumbre para os olhos. A cada edição, essa mudança é mais perceptível, chegando ao ponto de um desavisado realmente achar que está assistindo uma partida real de futebol. As cenas sobrevoando o estádio e dos times entrando em campo são de cair o queixo. Vale ressaltar que a nova iluminação deixou o jogo mais bonito e a nova câmera modo estádio deixaram tudo ainda mais real (apesar de não ser muito funcional quando está jogando).

Captura feita com o modelo Xbox One FAT

Falando em realismo, é impossível não ficar impressionado com a forma que os jogadores dominam a bola, fazem passes, chutam e defendem. A animação visual está mais caprichada do que nunca. Em situações nas quais o craque tem que buscar um melhor ângulo para um passe preciso ou quando busca um melhor posicionamento para se antecipar ao zagueiro estão cada vez mais realistas.

  • Tiki taka não é para todo mundo

Diferentemente das outras versões, eFootball PES 2020 apresenta uma grande mudança envolvendo seu gameplay. Partindo mais para um lado de simulador de futebol, a franquia faz a mudança mais drástica de todos a série. Mas o que pode ser algo positivo, na prática ficou exagerado demais ou mal balanceado. Jogadores como Cristiano Ronaldo ou Messi, são capazes de jogadas inexplicáveis, certo? Mas em momentos de fazer um passe, que o calcanhar seria mais prático, eles simplesmente decidem voltar quase todo o movimento para fazer o passe “tradicional”. E isso irrita bastante, pois até o término do posicionamento, o marcador já tomou a bola ou encurtou a marcação. E da mesma forma, alguns dribles não são efetivamente eficientes. Sabe quando o jogador só quer enfeitar a jogada (você não leu Neymar)? É exatamente isso que pode acontecer. Sem contar na dificuldade que é realizar certos movimentos de drible.

  • Inteligência artificial para o bem e para o mal

Se por um lado a inteligência artificial do goleiro melhorou consideravelmente, não podemos dizer o mesmo da linha de defesa. É algo inexplicável o porquê de um dos zagueiros não ir atrás da pelota só pelo fato de “imaginar” que o outro fará isso. E isso faz com que o atacante tenha o campo todo aberto, caso ele seja mais rápido, o que em muitos casos é. O mesmo vale para o modelo de marcação que você escolher. Mesmo com tantas variações, a sensação é a que você pode selecionar qualquer uma, que nada vai mudar na prática.

Pelo fato do game buscar a experiência definitiva em competições, a IA deveria e poderia interferir menos. Em certos momentos, a jogada pode ser definida por sorte ou azar. As partidas não podem ser decididas por situações que o jogador não decidiu fazer. Claro, isso tudo pode acontecer num jogo real, mas se a ideia é a competitividade, isso compromete o novo modelo.

  • O “MASTER” brilho de PES 2020

A nossa Master League continua sendo a cereja do game. Ela não sofreu muitas mudanças e nem precisava, pois continua viciante como sempre. O velho bordão “só mais uma partidinha” se transforma em horas e horas de jogatina. A entrada de algumas cutscenes deram um ar de dramaticidade, fazendo com que um clássico seja realmente um dos jogos mais importantes da temporada.

La mano de Díos no “Fluzon”

Assim como a Master League, o modo Rumo ao Estrelato sofreu poucas alterações e continua sendo a melhor opção se você busca por um futebol “diferenciado”, cujo objetivo é se tornar o melhor jogador do mundo. E se a sua preferência é pelo mercado da bola e deixar o seu time mais estrelado possível, o MyClub continua sendo a melhor opção para você.

  • A experiência com eFootball online

Na primeira semana, encontrar jogadores para partidas online era um tanto quanto difícil, mas nada que um ajuste não possa resolver. O que pode incomodar por um lado e ser desafiador por outro, é a falta de um filtro de critérios para os adversários. Por inúmeras vezes, escolhia um time sul americano e acabava jogando contra times muito mais fortes, como Juventus de Turim ou Manchester United.

  • Partida encerrada

O game eFootball PES 2020 é sem dúvida alguma, o melhor jogo da série da Konami, apostando em um futebol mais real, trazendo uma maior fluidez das jogadas e uma física mais apurada. Talvez tenham exagerado demais na física, o que pode frustrar o jogador. Conseguir a exclusividade de alguns times como a italiana Juventus foi um golaço e certamente trará novos entusiastas da “vecchia signora”. Da mesma forma, é louvável o esforço da Konami em deixar o nosso campeonato nacional como um dos grandes chamarizes.

8.3
Recomendado

eFootball PES 2020 foca em seus modos raízes e abre espaço para uma nova física. Talvez esteja exagerada demais e precise de alguns ajustes. Mas no geral, vai conseguir agradar novos e veteranos jogadores.

  • Gráficos 9
  • Gameplay 8
  • Modos online 8

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Você pode gostar também

Inicie a discussão na Comunidade Arena Xbox