Conheça mais sobre a Rare

Veja a trajetória da Rare até chegar aonde está como um dos maiores estúdios da Microsoft.

Prepare-se para conhecer a história e trajetória da Rare.

A Rare é uma das desenvolvedoras que não teme pela mudança e está sempre se arriscando e se aventurando em diversos gêneros, como esportes, plataforma, puzzle, shooters e até mesmo mundo aberto. Encontrar desenvolvedoras que são atreladas à um gênero ou mecânica de jogo que não transferem seus projetos que fogem de seus domínios para outros desenvolvedores especializados, é de fato algo Raro.

  • O Início da Rare

Em 1985, a Rare já havia conquistado o mercado Europeu publicando diversos jogos, como Jetpac, Pssst and Trans Am,  Sabre Wulf e Lunar Jetman para o microcomputador de 8-bits Siclair ZX Spectrum. Os fundadores Tim e Chris Stamper sabiam que iriam precisar migrar de plataforma futuramente, mas já estavam de olho em um console recém lançado na época, o NES. Eles venderam parte da antiga empresa onde produziam seus jogos a Ashby Computers & Graphics, ficando com uma divisão cuja a qual foi intitulada de “Rare”.

Os irmãos Stamper viajaram até Kyoto no Japão levando amostras de seus softwares para os executivos da Nintendo. Até então nenhuma outra empresa ocidental tinha tentado tal feito. A resposta da Nintendo foi algo único, dando aos Stampers orçamento ilimitado para produção de seus jogos. Porém conforme a produção de jogos estavam tendo altos custos por conta do avanço da tecnologia utilizada na produção de novos consoles, aos poucos a Nintendo foi diminuindo os investimentos na Rare, já que a empresa não era de sua propriedade.

  • A Chegada da Rare à Microsoft

Nos início dos anos 2000 a Rare começou a procurar por compradores. Duas empresas demonstraram interesse na aquisição da desenvolvedora de Banjo, a Activision e Microsoft. Como sabemos a empresa do Bill Gates conseguiu adquirir a Rare da Nintendo e dos irmãos Stamper por US $377 milhões, conseguindo direito sobre as franquias desenvolvidas pela mesma, tornando-se assim  subsidiária da Microsoft em 24 de setembro de 2002.

Um dos primeiros grandes jogos a chegar no Xbox foi o Conker: Live and Reloaded, lançado em junho de 2005, é um remake do jogo Bad Fur Day lançado originalmente no Nintendo 64, mas com um diferencial no multiplayer online que utilizava a Xbox Live.

  • Rare Mostrando Seu Potencial

No segundo console da Microsoft a Rare teve bastante importância tanto no início, publicando alguns jogos junto com o lançamento do Xbox 360, como Perfect Dark Zero onde jogamos com Joanna Dark no período de treinamento com o seu pai, Jack Dark. Este jogo é um prequel do Perfect Dark lançado originalmente no Nintendo 64. Em Kameo: Elements of Power o jogador controla em terceira pessoa o personagem principal, um elfo, que viaja para recuperar seus poderes elementares e a família cativa de sua irmã má e do rei troll, além da campanha o jogo possuía um modo multiplayer cooperativo local, que foi inserido durante o adiamento do lançamento. Ambos os jogos venderam milhões de unidades e foram considerados os melhores títulos de lançamento do Xbox 360.

No ano seguinte um terceiro jogo foi lançado pela Rare. Baseado em uma das ideias de Tim Stamper chamada Young Garden. Tal projeto reuniu mais de cinquenta pessoas na equipe de desenvolvimento (incluindo pessoas envolvidas em Banjo Kazooie), liderada por Gregg Mayles, passaram por quatro anos desenvolvendo Viva Piñata. Um dos jogos mais amigáveis da Rare, onde o jogo leva o jogador a descobrir um mundo diferente e dentro de um jardim. Em Viva Piñata o jogador tem que fazer com que as criaturas Piñatas entrem em seu jardim e que fiquem com ele, podendo então criá-lo.

No Brasil, o Xbox 360 teve seu lançamento oficial em 2006 e o título de lançamento em nosso país foi o Viva Piñata. Além disso Viva Piñata foi o primeiro jogo a ser traduzido para o português no Xbox 360.

Propaganda

Na X06 em Barcelona, Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts foi anunciado para o mesmo ano no Xbox 360. O jogo se passa oito anos após Banjo-Tooie, e apresenta novas mecânicas de construção de veículos , em que o jogador deve projetar veículos personalizados, incluindo automóveis, motos, barcos e aviões, mas mantendo traços de um jogo de plataforma.

Um dos grandes sucessos da Rare na Microsoft, com certeza foi o Kinect Sports, lançado junto com o dispositivo Kinect o jogo possuía uma coletânea de seis jogos, incluindo:  boliche , boxe , atletismo , tênis de mesa , vôlei de praia e futebol. Os jogadores seguiam as instruções em frente ao Kinect realizando ações como chutar uma bola de futebol ou arremessar uma lança como na vida real. O Kinect Sports ganhou um prêmio pelo Jogo da Família BAFTA do Ano e foi indicado a outros 5 prêmios, incluindo o Prêmio Golden Joystick de Melhor Jogo Esportivo de 2011.

Além disso, a Rare trabalhou no desenvolvimento do sistema de Avatares Originais que foram utilizados no Xbox 360 e Xbox One até a chegada do novo sistema.

  • Novos Conceitos e Clássicos na Atual Geração

Em 2013 na atual geração, a Rare teve envolvimento no Killer Instinct mas o desenvolvimento ficou por conta da Iron Galaxy Studios. No jogo diversos personagens clássicos estão de volta além de grandes novidades que animaram bastante o público, como o Rash, protagonista de Battletoads um dos jogos clássicos da Rare, além do vilão de Gears of War, General RAAM. O Killer Instinct de 2013 ainda acompanha a primeira versão do jogo que ficou sob o título de Killer Instinct Classic.

Para comemorar os 30 anos da Rare foi lançado em 2015 o Rare Replay reunindo 30 jogos clássicos. Com jogos do Siclair ZX Spectrum ao Xbox 360, os jogos mais clássicos quase não tiveram alterações, exceto pela adição de cheats para facilitar os jogos mais antigos e um modo Snapshots de desafios específicos selecionados. A compilação conta com Jetpac, Banjo-Kazooie, Banjo-Tooie, Battletoads, Conker’s Bad Fur Day, Kameo, Perfect Dark Zero entre outros clássicos.

Sea of Thieves é de longe um dos jogos mais ousados da Rare. Indo em contra partida de muitos conceitos pré estabelecidos no mundo dos games, a Rare desenvolveu um jogo onde os jogadores criam suas próprias histórias em um mundo enorme cercado de oceanos, com inimigos, mistérios e tesouros para encontrar na era dos piratas e tudo isso com um multiplayer online. O jogo teve seu lançamento em Março de 2018 e saiu disponível no programa Xbox Game Pass, conquistando assim a marca de mais de 1 milhão de jogadores em 48 horas de lançamento do jogo. O jogo recebe diversas atualizações de conteúdo adicionando novos itens e inimigos. Sea of Thieves atingiu a marca incrível de mais 5 milhões de jogadores recentemente, se tornando assim um dos maiores sucessos da Rare.

  • O Futuro da Rare

A Rare recentemente ampliou o seu quadro de colaboradores para trabalhar no desenvolvimento e suporte de Sea of Thieves, mas também abriu novas vagas de trabalho para trabalhar em novos jogos. Isso aumenta os diversos boatos criados no começo do ano como o de que um novo Perfect Dark estaria sendo produzido.

Além disso esse ano durante a E3 foi anunciado um teaser de um novo Battletoads que terá gráficos 2.5D, ou seja com ambiente em 3D mas com progressão em 2D, assim como nos jogos clássicos e haverá um modo multiplayer para até três jogadores. O novo Battletoads está sendo produzido pela Dlala Studios e pela Rare.

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Você pode gostar também