CEO da Aurora44 comenta sobre Ashen no Game Pass

Em entrevista ao The Sidney Morning Herald o CEO da Aurora44 comenta sobre o lado positivo de Ashen ter saído no Xbox Game Pass em dezembro, no mesmo dia de lançamento.

Ashen foi o jogo desenvolvido pelo estúdio independente Aurora44, teve seu jogo anunciado em diversas E3 do Xbox e saiu como exclusivo para o console, além de estar disponível desde o primeiro dia de lançamento para os assinantes do Xbox Game Pass.

Derek Bradley, CEO da Aurora44 comenta que foi como “uma faca de dois gumes”, o jogo ter sido lançado no Game Pass. Segundo ele:

   Existem alguns jogos que realmente fazem muito sentido para chegar em-acesso antecipado, e certos jogos que têm faz mais sentido para chegar como free-to-play, mas eu diria que mais do que qualquer um,  Ashen realmente fez mais sentido ter sido lançando no Xbox Game Pass.

 A dificuldade para entrar no Game Pass é muito baixa. Nós somos um novo desenvolvedor que estamos fazendo algo bastante ambicioso, e nós realmente precisamos dessa comunidade para o jogo prosperar, e o Game Pass realmente fez isso acontecer. Nós tivemos uma transição muito suave para o tipo de modelo que é o Game Pass.

Cada jogo tem sua forma de atingir um número maior de jogadores e para Bradley, lançar Ashen no Game Pass garantiria uma grande base de pessoas que podem dar uma chance para o indie ambicioso de um estúdio menor.

O Xbox Game Pass tem o grande potencial de promover e atrair um maior número de jogadores a conhecerem novos títulos de estúdios menores, mas ainda assim é um pouco arriscado dizer que é popularidade na certa. Jogos como Ashen agradam grande parte da mídia, mas ainda assim é um game de “nicho”.

O que vocês acham de jogos de estúdios indies cada vez mais aparecendo no Xbox Game Pass?

Adquira Ashen em definitivo por R$ 147,45 ou assine o Xbox Game Pass por R$ 2,00 para ter acesso ao serviço por 2 meses. Mas corra! A promoção termina na quinta-feira (21/02).

Fonte WCCFTECH

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Você pode gostar também