Battlefield V – [Análise do Arena]

Franquia ganha uma repaginada visual, traz mesmas mecânicas que deram certo no título anterior e aposta no battle royale.

Battlefield V (BF V) chegou nas lojas físicas e digitais no dia 20 de novembro de 2018, com a promessa de todos os jogadores receberem atualizações de conteúdo gratuitamente, postura muito positiva e benéfica para os jogadores.

Trazendo modos de jogo que fazem sucesso em toda a franquia, a DICE, desenvolvedora do game, resolveu apostar na adição de conteúdos gratuitos, como por exemplo o modo battle royale Fogo Cruzado (Firestorm lá fora), que chegou em atualização gratuita em março deste ano, mas sem perder a essência Battlefield.

Os cenários também merecem destaque. Focado em histórias pouco conhecidas da Segunda Guerra Mundial, o game tem ambientes deslumbrantes e visualmente perfeitos, e que devem ser ainda mais espetaculares se jogados no Xbox One X, já que o título é aprimorado para o console mais potente da Microsoft. A seguir, conto um pouco dos modos de jogo e minhas impressões sobre o Battlefield V.

  • Histórias de Guerra

Assim como em Battlefiled 1, o Battlefield V trouxe histórias de guerra abortando fatos pouco conhecidos da Segunda Guerra Mundial. No BF V são quatro, que se passam em quatro países, e que vão contando diferentes perspectivas do fim da guerra, que aconteceu em 1945.

Histórias de Guerra.

Todas as campanhas têm um visual absurdamente bonito, e abordam diversos mapas que serão temas dos mapas do modo multiplayer, como o cenário na neve, ou no deserto. São histórias relativamente rápidas de serem completadas, que somadas não consomem nem dez horas de jogatina.

Além de introduzir ao jogador os mapas multiplayer, as campanhas também dão a possibilidade de o jogador experimentar armas e veículos presentes no multijogador, a exemplo da campanha “O último Tiger” que é praticamente toda baseada no manejo de um tanque de guerra.

Porém não são campanhas fáceis. Mesmo jogando na dificuldade média, os inimigos detinham ótima inteligência artificial, fazendo com que eu teimasse comigo mesmo achando que tinha colocado no difícil. Porém estava no médio. Então fica a dica para quem não curte “sofrer” jogando.

Outro pequeno defeito que encontrei na campanha foi nos salvamentos automáticos durante as missões. Por algumas vezes (tipo umas três, ou quatro) foi mais benéfico para mim morrer, mas passando pelo checkpoint, do que tentar trocar tiro com os inimigos.

Exemplo: havia entre oito e dez inimigos em uma área relativamente pequena e aberta, sem muita possibilidade de cover. Devido à dificuldade um pouco acima da média, era praticamente impossível trocar tiro com todos (isso tendo como referência a minha habilidade), visto que se o primeiro inimigo te alertasse, os outros viriam também em sua direção. Decidi então testar passar por todos eles correndo, para por acaso conseguir despistá-los. Fato foi que passei por eles e aparentemente ativei o checkpoint, pois depois de ter morrido (mais uma vez), renasci em um ponto mais avançado.

No mais, como já dito, o visual dessas quatro histórias de guerra é sensacional. Os contos se passam no norte da África, na Noruega, na Remânia (região da Alemanha) e Provença (na França). Vale a pena demais jogar.

Visual impressiona.
  • Armas Combinadas

O modo Armas Combinadas chegou ao jogo após o lançamento do game. Aliás, esse talvez seja o ponto mais positivo em Battlefield V: conteúdos adicionados depois do lançamento do jogo, de forma gratuita para todos os jogadores.

Voltando ao modo, ele chegou em Battlefield V em fevereiro deste ano. O modo consiste em missões contra a máquina, que podem ser concluídas individualmente ou em esquadrão até quatro pessoas, que tem como objetivo ambientar o jogador ao cenário, mecânicas e trabalho em equipe presentes no multiplayer, de maneira mais eficaz que a própria campanha.

São quatro tipos de missões que podem ser jogadas em oito “capítulos”:

Roubo: O objetivo é localizar e roubar documentos e informações primordiais para a missão. A fuga também é importante nesse modo. Ser detectado não é uma boa escolha.

Assassinato: Soldados inimigos específicos são designados para serem mortos por você e seu esquadrão.

Destruição: Os jogadores terão de capturar um ponto dos inimigos para depois destruir a artilharia deles.

Eliminação: Morte pura. O objetivo é de fato eliminar os inimigos de uma área, seja no stealth (furtividade) ou “dando a cara”.

Cada missão termina com uma fase de extração, onde você e seu pelotão devem alcançar essa zona, fortificar a área em 30 segundos e, então, sobreviver a uma horda de inimigos que dura três minutos. Ah, e não vale ter o pelotão eliminado. Caso aconteça, o capítulo acaba sem o pelotão cumprir o objetivo.

Pode-se dizer que o Armas Combinadas é uma mistura dos modos Histórias de Guerra e do multiplayer. O modo também é dividido em dificuldades, então é recomendado o jogador estar atento aos níveis, pois eles podem ser mais difíceis do que parecem.

  • Multiplayer

O modo multiplayer é a experiência pura da franquia Battlefield. Ele está dividido em sete modos, que vou apresentar brevemente.

O pelotão ainda é dividido em quatro classes: assalto, médico, suporte e batedor. Cada um têm seus equipamentos, tipos de arma e funções específicas, como é de se esperar. Duas dessas classes, no entanto, merecem destaque, principalmente pelas mudanças que o BF V trouxe no que diz respeito ao trabalho em equipe.

O papel do médico é fundamental para um time. Além de poder curar membros do seu pelotão mais rápido, o médico pode curar qualquer aliado do seu time. Se o jogador assume o papel de outra classe sem ser médico, o poder de reviver aliados fica restrito apenas ao pelotão, e claro, mais lentamente.

Para o jogador que foi abatido, existem duas opções: segurar LT para chamar por ajuda (do pelotão ou de médicos da equipe) e resistir um pouco mais aos ferimentos, ou segurar RT para morrer e voltar para a partida em outra posição. BF V trouxe um trabalho em equipe mais ligado nas quatro classes, o que transforma a jogatina com um grupo de amigos mais imersiva ainda.

Solicitando ajuda do médico.

Battlefield V também trouxe para o seu multiplayer o novo sistema de fortificação. Jogadores podem construir fortificações para fortalecer determinada zona. O suporte consegue fazer mais opções e em menos tempo, e tem papel diferenciado dos demais no que diz respeito à construção dessas fortificações. Enquanto as outras classes podem elaborar pequenas fortificações, o suporte tem acesso a um leque maior de opções, inclusive de armas fixas ao chão, como metralhadoras.

Outro fator bastante divertido e que traz mais fidedignidade ao verdadeiro campo de batalha foi a introdução da mecânica de destruição dentro dos cenários. Casas, edifícios e construções no geral agora estão passíveis de serem demolidas e destruídas por completo ao receberem tiros. Granadas, disparos de tanque, canhões ou aviões bombardeiros são mais eficientes para derrubar essas construções, que podem abrigar muitos batedores (snipers). É aí que também entra o papel das fortificações e do suporte. É possível fortificar e reparar tais danos.

Propaganda

Vamos aos modos:

Conquista: Quando alguém fala em multiplayer Battlefield, você está falando do modo Conquista. Presente desde os primeiros jogos da franquia. Neste modo, até 64 jogadores competem pelo controle do maior número de bandeiras.

Os mapas presentes em Conquista são extensos, que permitem a utilização de vários veículos de guerra, como aviões e tanques, por exemplo.

Conquista de Pelotão: Tem a mesma essência do modo Conquista, porém é limitado a 16 jogadores.

Operações Grandiosas: O modo Operações do Battlefield 1 sofreu uma alteração, muito bem-vinda, em Battlefield V. Operações Grandiosas traz uma gameplay centrada em dias de operação, onde cada dia é representado por uma rodada jogada. As ações que sua equipe tomarem no primeiro dia afetarão diretamente na jogabilidade segundo dia, que por sua vez afetarão o terceiro dia, e assim por diante.

Jogar bem no primeiro dia pode significar mais equipamentos de saúde, munições ou veículos no dia seguinte. Jogar mal pode deixar sua equipe com recursos escassos. Se duas equipes têm nível semelhante nos primeiros dois dias (geralmente o modo contém três), eles entram na etapa Último Esforço, referente ao último dia de batalhas.

No Último Esforço, os jogadores não poderão ressurgir no mapa, o que deixa a disputa bem emocionante. Uma equipe perde quando todos os seus jogadores são eliminados. A quantidade de munição, se houver, será determinada pelos eventos dos dias anteriores no jogo.

O modo também suporta 64 jogadores.

Aguardando partida em Operações Grandiosas.

Cada Equipe por Si: O modo Cada Equipe Por Si basicamente coloca dois pelotões frente a frente com um único objetivo: Matar. As equipes começam com 150 ressurgimentos cada, e quem gastar todos eles primeiro, perde a partida.

A partida é limitada a 32 jogadores.

Ruptura: Em Ruptura, o mapa é dividido em vários setores, todos controlados pela equipe de defesa no começo da partida. Para os que disputam a partida do lado de ataque, o objetivo é dominar todos esses setores, um por um e em determinada sequência indicada pelo game.

É basicamente um ataque contra defesa, e jogam até 64 jogadores.

Linhas de Frente: Neste modo, duas equipes lutam pelo controle de um objetivo de bandeira por vez, como se fosse literalmente um cabo de guerra. A cada objetivo tomado, a equipe dá um passo a mais para chegar até a base inimiga. Chegando nela, os objetivos finais são mais fáceis, como por exemplo detonar explosivos.

Participam do modo de tantos até 32 players.

Dominação: Em Dominação, as duas equipes disputam o domínio de diversos objetivos espalhados pelo mapa. Quando uma equipe consegue controlar pelo menos metade deles, a equipe inimiga passa a ressurgimentos. E quanto maior o número de objetivos obtidos por alguém, mais rápidos o outro time perde os ressurgimentos.

Em Dominação, até 64 jogadores participam da mesma partida.

Particularmente, Operações Grandiosas foi o modo que mais gostei de jogar em todos do multiplayer. É o que mais te simula participar de uma guerra, onde você precisa atacar para enfraquecer as tropas inimigas no dia seguinte, ou se defender bastante para evitar e interromper o avanço adversário. Foi uma atualização bem-vinda à franquia.

  • Fogo Cruzado

Fogo Cruzado é o modo battle royale do game, e que chegou para todos os jogadores através de mais um update gratuito, em março de 2019. Explicar como funciona a mecânica do battle royale talvez seja redundante a esta altura. Mas, resumidamente, a essência do battle royale é ser o último jogador, dupla ou esquadrão (de até 4 jogadores) sobrevivente, em um mapa que, no caso do BF V, jogam 64 pessoas.

Agora vamos às diferenças e individualidades do battle royale do Battlefield se comparado a outros, como PUBG ou Blackout (presente no Call of Duty: Black Ops 4). A primeira delas foi dita logo acima, que corresponde ao número de jogadores em uma partida. O total de 64 foi o menor número de participantes que já joguei nos battle royales (100 no PUBG e 100, as vezes 88, no Blackout).

Senti uma tremenda dificuldade de achar partidas em Fogo Cruzado. A princípio achei que fosse o horário, pois estava tentando achar partidas às 8h da manhã. Porem em outros dias, em um horário mais acessível para mais pessoas, às 22h, também senti muitas dificuldades de encontrar partidas.

Quando eu solicitava para jogar em duplas ou em esquadrão, passavam-se cerca de dois ou três minutos para achar o meu par ou equipe, para depois partir para buscar a sala, e aí iam-se mais uns quatro minutos, até que eu desistia ou a busca acabasse. Jogando solo senti menos dificuldades. As partidas eram encontradas, às vezes, em menos de um minuto. E isso aconteceu em mais de um dia de tentativas.

Já dentro do game, as mecânicas são bem Battlefield. Quem curte a franquia, e quem curte o gênero battle royale, não sentirá dificuldades para se adaptar. As armas, seus recuos, granadas e tudo mais têm as mesmas características que no multiplayer. Até as destruições dos edifícios e os veículos do multiplayer (ao todo são 17 deles no battle royale, entre tanques, aviões, canhões móveis etc.)

Fogo Cruzado.

Conversando com amigos que também jogaram o modo, eles disseram que sentiram dificuldade em lootear, encontrar os itens para seguir rumo à vitória. Particularmente, não encontrei essa limitação. O que foi difícil para mim no início foi a adaptar aos tipos de equipamentos presentes, e suas funções. Coisa que com o tempo o jogador tira de letra.

O nome Fogo Cruzado faz referência à zona de segurança que vai diminuindo pelo mapa, obrigando os jogadores a permanecerem dentro dela, que caso contrário, morrem. Ela é um círculo de fogo, e dá um efeito bastante legal quando você está fora dela, queimando.

O mapa, o maior já criado para um jogo Battlefield, não é tão grande assim. No começo da partida, a primeira zona de segurança ocupa facilmente mais da metade dele, deixando o início da partida um pouco lento e sem muitos encontros entre inimigos. Mas o mapa é lindo visualmente, herdando vários pontos dos mapas presentes no multiplayer.

Primeira zona segura ocupa mais da metade do mapa (com o fogo cruzado ao fundo).
  • Considerações finais

Para quem é fã da franquia Battlefield, BF V não vai decepcionar. O modo multiplayer segue grandioso como sempre, com suas grandes batalhas, cheias de jogadores, e as adições trazidas para o novo jogo foram muito bem-vindas e adicionaram muito na experiência do jogador.

O jogo trouxe, através de uma atualização pós-lançamento gratuita (este, aliás, talvez seja o fator mais positivo do game, não deixando que ele “morra”), trouxe o battle royale pela primeira vez a um jogo Battlefield. Para quem já está acostumado com as mecânicas da franquia e gosta do gênero battle royale, deverá jogar sem maiores problemas, exceto pela demora em encontrar partidas.

Gamertag utilizada na análise: brunohmds.

9.6
Battlefield puro

Análise do Arena

Trazendo modos de jogo que fazem sucesso em toda a franquia, a DICE resolveu apostar na adição de conteúdos gratuitos, como o battle royale, mas sem perder a sua essência.

  • Gráficos e interface 10
  • Jogabilidade 9
  • Atualizações 10
  • Modos de Jogo 9.5

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Inicie a discussão na Comunidade Arena Xbox