[Update] – Arena Indie – Especial BGS 2018

Para você que compareceu a BGS, pôde jogar incríveis iniciativas independentes, mas para aqueles que não puderam comparecer, destacamos aqui os jogos indies da feira!

 

  • Timewatch

Timewatch é um jogo de tiro paradoxal multijogador de tempo variável atualmente em desenvolvimento pela NGD Studios, um studio argentino localizado em Buenos Aires.

Com um estilo bem Overwatch, o game tem um visual muito bonito com uma mecânica um pouco complexa no início, mas que aos poucos se torna simples e bem divertida.

O modo de jogo apresentado na BGS foi o clássico 1 X 1, onde ambos os jogadores tem como objetivo principal conquistar o círculo no centro do cenário.

O problema é que na rodada seguinte, você tem que competir com as sombras de ambos os personagens, ou seja, o replay da rodada anterior compete pelos próximos rounds, inclusive com fogo amigo! Isso mesmo, o seu replay pode te matar (aconteceu conosco ^^).

Na quarta e quinta rodadas o game começa a ficar bem caótico e divertido, pois teremos uma incrível bagunça!

Algumas armas estão disponiveis, como uma arma semi-automática, um lança granadas e uma escopeta.

O game está previsto para ser lançado no PC, e seu Alpha fechado ainda está aceitando inscrições! Basta entrar no site: http://www.timewatchgame.com/

 

  • Flipflop Lab

A Flipflop Lab foi fundada em 2014 e desde então tem contribuído no mundo dos Games, desde jogos virtuais como o Ozkar (http://www.ozkar.com.br), até jogos de tabuleiro como o Oggin – A rota do Tesouro e o card-game Open Case.

Ozkar – É um jogo de plataforma 2.5D com temática rock’n’roll onde a música se modifica com a ajuda do jogador e anima o protagonista em sua jornada. Em uma viagem pela Galáxia, pulando de mundo em mundo no rasto do vilão Dr. Mute On, o jogador deve passar por diversas fases, enfrentar vários inimigos e garantir que o show não pode parar, inclusive usando como armas sua incrivel guitarra!

O jogo tem uma mecânica bem simples e intuitiva, e com uma trilha sonora bem bacana aos amantes do Rock!

Oggin – É um jogo de construção de rotas marítimas em que os jogadores devem se enfrentar e enfrentar o tabuleiro, que representa a vontade de Oggin o ser mítico dos mares!

Seu objetivo é chegar à ilha do tesouro mais rápido que os demais piratas, porém Oggin controla todo o mar e usa isso para dificultar seus planos. Sempre no final das rodadas ele entra em ação.

Use bombas e ilhas a seu favor e cuidado com as criaturas marítimas. Mostre quem é o melhor capitão pirata e nem Oggin poderá impedi-lo.

O jogo foi criado para ser um Party Game, pensando nisso o jogo vai de 1 a 8 jogadores na mesma partida. O tempo médio de uma partida gira em torno de 30 a 40 minutos. É o tempo suficiente para que todos consigam seguir uma estratégia e se divertir atrapalhando as dos amigos.
Muito fácil de aprender. As regras e mecânicas são simples, o foco maior é na diversão.

Open Case – Encontre a verdade por trás de crimes não solucionados! Seja o primeiro investigador a encontrar o culpado, a arma utilizada e a verdadeira motivação, não deixando que os outros jogadores atrapalhem a sua investigação e provando que a justiça sempre prevalece.

Open Cases é um jogo de investigação que tem um dinamismo muito grande por ser um card game. O tempo médio das partidas varia entre 15 e 20 minutos e por ser um jogo rápido, permite aos jogadores disputar o número de casos resolvidos, não apenas um único caso.
Muito fácil de aprender, podendo ser jogado por 2 até 6 jogadores.

Confira no site www.flipfloplab.com.br os produtos apresentados na BGS 2018.

 

  • Ignite Game Studio

A Ignite Game Studio (ignitegamestudio.com) trouxe para a BGS o game Rei do Cangaço. Um jogo de realidade aumentada onde você é o cangaceiro mais famoso do sertão, que após ser morto em uma emboscada, descobre que antes de ser julgado ele precisará voltar até a terra para caçar demônios e libertar espíritos renegados.

Com uma mecânica bem fluida e bem precisa para jogos do gênero, o Rei do Cangaço consegue ser bem divertido e desafiador. Com uma identidade visual bem trabalhada, o jogo é muito bonito.

Com o óculos você consegue experimentar bem uma ambientação bem trabalhada e com os controles você possui inicialmente duas pistolas.

Seu objetivo principal é matar todos os inimigos, mas após a primera onda o desafio começa a ficar mais interessante e desafiador.

Com mecânicas simples de cores o jogador se vê obrigado então a não mais simpesmente atacar, mas sim prestar atenção nas cores dos inimigos pois precisa acertá-los com a arma de mesma cor para derrotá-los, caso contrário estará em apuros!

No fim o cangaceiro terá um desafio corpo a corpo com punhais, onde os inimigos aparecerão em grande escala.

O game virá somente para computadores, justamente por conta da sua tecnologia de VR, que infelizmente ainda é bem cara.

 

  • Alecfu Studio

A Alecfu Studio, empresa voltada para a criação e desenvolvimento de games indies nacionais (www.alecfu.com), trouxe um game chamado de Insania. Com um foco no terror psicológico o game trás um cenário escuro onde a parte sonora influencia demais no gameplay. Com uma mecânica intuitiva, o game impressiona no enrredo de exploração e puzzles a serem resolvidos.

O Studio é uma empresa nascida no início do ano de 2018. Estruturada inicialmente por três sócios, a empresa colocou em prática o desenvolvimento e criação dos projetos e games. Com o crescimento neste mercado, a empresa visa tornar-se referência nacional e incentivar o investimento na área de criação e desenvolvimento de games.

 

  • Demerara Games

A Demerara Games trouxe a BGS o Sleight, um jogo de detetive X ladrão, desenvolvido em uma Game Jam.

O game se passa numa grande exposição de arte na Mansão LeBleu, que reúne algumas das mais valiosas peças de arte em um único local. Você foi contratado para seguir a trilha do mais ardiloso e escorregadio espião conhecido: seu amigo!

Um com multiplayer bem diferente, cada jogador controla um lado da história. Um sendo o famoso ladrão conhecido como seu amigo, que tem o objetivo de roubar qualquer jóia da Mansão LeBleu usando suas táticas de desarmar alarmes e se misturar aos NPCs.

Já o outro player assume o papel do detetive que tem que, através das pistas, descobrir e capturar o famoso ladrão, usando também técnicas para descobrir por onde o ladrão passou e tentar impedí-lo de roubar qualquer jóia!

O mais interessante do jogo é que ambos os jogadores tem que ser pacientes para não serem descobertos e assim cumprir os objetivos.

Confira o trabalho no site http://www.demerara.games/pb/

 

  • Behold Studios

A Behold Studios (beholdstudios.com.br) trouxe uma novidade incrível para essa edição da BGS 2018, o game Out of Space, uma novidade em primeira mão!

O game trata de uma colônia espacial onde os jogadores terão que administrá-la da melhor maneira possível, ou seja, limpando, construindo móveis, fabricando alimentos para os personagens e etc.

Um game, segundo os desenvolvedores, diferente de tudo que eles já fizeram, pois não teremos textos e diálogos longos e explicativos como nos anteriores. A ideia é que o game seja auto explicativo e intuitivo.

Com uma mecânica de gameplay incrível e bem fluida, o game também conta com uma arte visual lindíssima.

Ele estatá disponível para Xbox One, PC e PS4.

 

  • Província Studios

A Província Studios (provinciastudio.com) trouxe para essa edição da BGS 2018 o game Josh Journey, que conta a história de quatro bravos heróis em um universo mágico, lutando contra criaturas malignas de três mundos distintos: O Mundo Humano, O Mundo dos Sonhos e o Mundo da Morte.

O herói terá então que restabelecer a paz e limpar o mundo da Escuridão do Mal e assim recuperar o símbolo perdido e trazer de volta os bons tempos para a Natureza.

Josh Journey está sendo produzido pela Província Studio, uma equipe brasileira de dois irmãos ilustradores e animadores, Iuri Araujo e Guilherme Araujo

Claramente inspirado em Zelda e Chrono Trigger, o game trás uma mecânica de gameplay incrível e muito fluida, com cenários bem coloridos e personagens bem carismáticos. A trilha sonora é de fazer inveja, o game por enquanto estará disponível para PC.

 

  • Lenin – The Lion 

Desenvolvido pelo estudante de História da Arte João Bueno, você é um leão com depressão! Isso mesmo, é o único de sua espécie e uma insegurança é constante e o faz se sentir desencorajado.

Como explorar isso? De compreender a doença afim de achar um modo de lidar com ela? Este é o enredo de Lenin – The Lion.

Como estudante de história ele diz que o game ainda apresenta fortes Easter-eggs relacionados a importantes e diferentes épocas da história.

O game, desenvolvido no RPG Maker, foi todo idealizado, desenvolvido e desenhado por uma só pessoa! Possui claras referências em Pokemon e OneShot, game indie com mecânicas de escolha que não apresenta batalhas.

O game não apresenta confrontos pois eles se dão por meio de puzzles e diálogos com múltiplas opções.

Minha proposta é que a depressão apareça de forma subliminar no enredo. O Lenin não encontra os sintomas da doença no dia-a-dia, mas sim em outro plano. É como se estivesse no subconsciente dele, personificados em outras criaturas.

Lenin é um leão albino que enfrenta depressão em decorrência do bullying causado pelos moradores da aldeia onde vive — entre outros fatores que serão explorados no decorrer da história.

Para conferir mais sobre o trabalho desse incrível e desafiador game, seguem os links abaixo:

https://www.catarse.me/lenin_the_lion

 

  • Massive Game Studio 

A Massive Game Studio (dolmenthegame.com) está trazendo este ano o Dollmen, um jogo claramente inspirado em Dark Souls e Mass Effect, contextualizado em um mundo sci-fi.

Quando um terráqueo desperta no meio de Revion Prime, onde o maior massacre da galáxia ocorreu, não há de se esperar que vá muito longe. Não se qualquer vida animal desse lugar quer fazer seu coração parar de bater e enfim voltar a dormir sobre os cadáveres de infinitas raças sem nome que apodrecem sob o céu…

Mas quem é essa pessoa? E por que ele ou ela está tão longe de casa? A Terra é apenas uma lembrança longínqua, não há tripulação e seus recursos estão próximos do fim. Não seria mais fácil se ocultar e morrer em silêncio, no abrigo das ruínas da nave?

O game apresenta um gráfico de tirar o fôlego. Com gameplay bem fluido, o game é bem intuitivo em suas mecânicas.

O personagem possui inicialmente uma armadura futurista. Já suas armas são um machado e uma pistola de energia, além de um escudo de energia para se proteger. Além disso o game conta com uma trilha sonora e efeitos de som excelentes.

 

  • Gravity Heroes

Desenvolvido pela Studica Soilution (www.studicasolution.com.br) o game Gravity Heroes é um jogo 2D de arena futurístico com ritmo rápido, onde heróis chamados Gravity Heroes lutam, controlando a gravidade, pela a paz entre homens e máquinas.

Para trazer o sentimento de nostalgia, ele segue um estilo pixel art para o jogo. Seu aspecto futurístico como visto nos anos 90 também deve transparecer na arte dos cenários, personagens, itens e interface, ou seja, os itens possuirão mais partes mecânicas, parafusos, fiação elétrica e luzes de LED.

Focado na gravidade (ou na falta dela), onde o jogador só pode utilizar o direcional analógico e um botão do controle, o game tras como objetivo derrotar várias hordas de inimigos até chegar e vencer o único boss.

Gravity Heroes tem previsão de lançamento para os consoles em 2019.

 

  • Dark Paladin Studios

A Dark Paladin trouxe para a BGS 2018 o game Shufen Doji, no estilo metroidvania com estilo pixel art. No game você é um samurai que tem que derrotar demônios a fim de salvar o mundo.

Além da mecânica simples, destaca-se a movimentação do personagem muito bem trabalhada, com movimentos bem caprichados e semelhantes a de um samurai.

https://www.facebook.com/DarkPaladinStudios/

  • Yaw Studios

A Yaw Studios (www.yawstudios.com) trouxe para a BGS o jogo War Solution, onde você precisa utilizar seus conhecimentos em matemática para derrotar seus adversários. Você pode jogar contra a máquina ou contra outro jogador localmente.

Arriscar respostas não é a solução mais indicada em War Solution, porém acertar a questão no menor tempo possível te garante bônus de ataques e itens especiais que podem te ajudar a derrotar o oponente.

De brinde, você ainda recebe um pôster e um botton do game.

 

  • Boneloaf

A Boneloaf trouxe o aclamado Gang Beasts, que é um party game multijogador com personagens gelatinosos. Trazendo sequências de luta brutalmente hilárias e locais insanos, o jogo é ambientado nas duras ruas de Bife City.

A Boneloaf é um pequeno estúdio de jogos independente que atualmente faz uma série de jogos experimentais de multijogador. Criado por três irmãos (James, Jon e Michael Brown) para fazer jogos e brinquedos.

Por três anos, os membros da empresa prototiparam uma série de jogos experimentais trabalhando em locais geograficamente remotos ou reunindo-se eventualmente, quando os membros podiam se afastar de seus compromissos individuais de trabalho e educação.

  • Warhorse Studios

A Warhorse Studios trouxe para a BGS o Kingdom Come: Deliverance, um jogo de ação e RPG publicado pela Deep Silver para o Xbox One, PC e PS4.

O game está situado no Reino medieval da Boêmia, um Estado Imperial do Sacro Império Romano, com foco no conteúdo historicamente preciso. Foi lançado mundialmente em 13 de fevereiro de 2018.

A Warhorse Studios é um estúdio tcheco com sede em Praga, República Tcheca. Foi fundada em 31 de agosto de 2011 por Daniel Vávra, ex-escritor e designer de jogos da 2K Czech, e Martin Klíma, ex-produtor da Altar Games, Codemasters e Bohemia Interactive.

  • Onanim Game Studio

Onanim Game Studio trouxe para a BGS o game Trajes Fatais, um game de luta no bom e velho estilo Street Fighter. Com um visual em Pixel arte e uma jogabilidade muito fluida, o game impressionou os fãs do gênero na BGS.

No jogo os personagens estão em uma festa a fantasia, e ganham poderes de acordo com suas roupas.

A Onamim é uma empresa de 3 amigos que desenvolve games de modo independente buscando explorar a expressividade da Pixel Arte através de animações fluentes, e nuances de ritmo com controle fino na jogabilidade de suas produções.

  • Cadabra Games

A Cadabra Games compareceu a BGS trazendo o lindíssimo Adore, um game de RPG e Ação com fortes influencias em League of Legends, Diablo e Starcraft, onde seu objetivo é capturar monstros e batalhar com outros inimigos.

Além de gráficos lindos, o game possuiu uma jogabilidade incrível.

  • Pulsatrix Studio

A Pulsatrix Studio trouxe para a BGS o game Fobia, game em primeira pessoa de terror psicológico onde você tem que resolver puzzles e desvendar mistérios.

Você é um jornalista que precisar levantar sua carreira e vai investigar uma dica, mas como em todo jogo do gênero nada é o que parece.

O game traz um gráfico incrível e uma trilha sonora impecável. Atualmente 8 pessoas trabalham no jogo que é desenvolvido na Unreal Engine.

Confiram mais destaques da BGS 2018 aqui: https://www.arenaxbox.com.br/conheca-alguns-dos-destaques-da-bgs-2018/

E confira nas nossas redes sociais as novidades!

Receba notificações de todas novidades sobre Xbox.

Você pode gostar também
  1. Wesley Diz

    Faltou falar sobre o HPRZ The Syndrome um jogo online de sobrevivência ambientado no Brasil que achei vem legal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.