[Análise do Arena] – Dragon Ball Z: Kakarot

Reviva a saga mais épica em Dragon Ball Z: Kakarot!

O ano de 2020 nos reserva novos consoles e grandes jogos. Pelo menos, a expectativa é essa.

E para dar início aos trabalhos, a Bandai Namco em parceria com o estúdio Cyberconnect2 (Asura’s Wrath), trazem a aventura mais amada de Goku e cia: Dragon Ball Z: Kakarot.

O game, que prometia oferecer todas as áreas que envolvem a série para ser explorado livremente. Além de todos os vilões e personagens tão carismáticos, criados pelo mestre Akira Toriyama. Aqui, vamos deixar nosso veredito e pegar todas as esferas do dragão (algumas vezes).

  • Orgulho para os fãs?

Se você assistiu Dragon Ball Z, sabe exatamente o que esperar da história. E o jogo segue a risca todo o arco do anime/mangá. Desde Goku ensinando os primeiros passos de um lutador para o pequeno Gohan, a aparição de Trunks do futuro, até o monstruoso duelo contra Kid-Boo (vamos combinar que não é spoiler, beleza?).

Claro, a aventura não conta 100% de todos os episódios. Cada pessoa vai sentir falta de determinada passagem, mas a grande maioria encontra-se em belíssimas cutscenes (encare como: “anteriormente, em Dragon Ball Z…) ou em caixas de diálogo. A aventura principal com todos os arcos, gira em torno de 40h para ser finalizada, sem pular diálogos e ainda realizar algumas missões secundárias e “upar” seus personagens.

Apesar de destacar Kakarotto, você controla Vegeta, Gohan, Trunks e Piccolo e acompanha a trajetória de cada um, em seus momentos mais épicos.

  • Explorando as características de um clássico RPG

Utilizando o poder de voar (exceto em alguns momentos específicos, que o jogador deve andar), o mundo de Kakarot oferece inúmeras atividades para serem realizadas, a medida que certos pontos da história são concluídos. Você pode realizar atividades corriqueiras como pescar com um rabo feito por Bulma, coletar frutas e caçar animais. Dessa forma, ajudar a carismática e sonhadora Chichi, para o preparo de deliciosos pratos e refeições completas, que farão com que determinados atributos sejam elevados.

Outras atividades como participar de corrida de carros planadores, ajudar alguns personagens secundários em apuros e treinar na famosa Escola Tartaruga para aumentar seu nível e aprender novos poderes, recheiam o mapa, que conta com viagem rápida, o que facilita bastante a vida e deixa o jogo mais fluido. Não menos importante, você pode (e deve) coletar orbes Z, que vão servir para desbloquear alguns poderes e treinamentos para serem executados.

  • Combates dignos de Genki Dama

Dragon Ball Z: Kakarot possui um sistema de combate muito interessante, que conforme o jogador consiga evoluir, ele se torna um verdadeiro jogo de xadrez, onde cada golpe especial executado em determinado tempo, pode ser que você sofra as consequências de um counter. Não basta apertar os botões feito um louco. Você deve saber controlar as barras de ataque e defesa.

Vale destacar as lutas principais, que são extremamente frenéticas, deixando cada combate um mais especial que outro. Quando o jogador consegue dominar a esquiva, defesa, combos especiais, é um espetáculo à parte. Como nem tudo são flores, quando o mundo livre pode ser explorado, alguns robôs da Red Ribbon e outros soldados de Freeza e Cell estão espalhados pelo céu, e a cada encontro, você deve derrotá-los. Cada conjunto de inimigos possui um nível e você deve observá-lo antes da batalha. Caso seu nível seja bem abaixo, nem cogite enfrentar.

O que pode “desanimar” o jogador, é a vantagem de consumíveis. Os personagens podem comprar até 100 itens de cura e equipá-los. Então, por mais que o inimigo dê trabalho, o desafio poderia ser maior. Sem contar que no mundo livre, você pode selecionar mais dois personagens e compôr sua party.

  • A força da comunidade e das esferas do dragão

Os fóruns da comunidade foram criados para facilitar a vida do jogador. Cada comunidade gera um tipo especial de bônus para diversos momentos da aventura. Ao concluir certas partes da história, personagens são desbloqueados e possuem um emblema, que faz com que seja mostrado qual sua habilidade especial, para assim, você montar sua comunidade da melhor forma. Vale a pena ficar atento ao que cada aba oferece, pois são diferentes bônus, que podem facilitar desde as batalhas até a coleta de itens.

As esferas do dragão (como manda o figurino) estão espalhadas pelo mundo e podem ser coletadas sem muito trabalho. Mas não pense que você fará desejos absurdos. Eles são limitados em enfrentar novamente inimigos derrotados, ganhar orbes coloridas, 100000 Zeni (moeda do jogo) e itens raros. Elas podem ser coletadas após 20 minutos, depois de seus desejos realizados.

  • Veredito

A aventura de Goku, Gohan e cia era muito aguardada e consegue cumprir bem o que era prometido. Um verdadeiro RPG, lotado de momentos especiais do anime. É uma jornada incrível, apesar de alguns detalhes deixarem o combate cansativo com o o passar do tempo. Seja você fã ou não, vale apreciar cada momento da aventura.

8.7
Muito bom

Dragon Ball Z: Kakarot

Se delicie com a saga mais incrível de Goku e amigos! Viva a evolução de Gohan e a inocência de Goten! É Dragon Ball Z!

  • Gráficos 9
  • Gameplay 9
  • Elementos de RPG 8
Você pode gostar também
Comentários